29 de Junho de 2018

Sonhar acordada

Posted in Ler faz crescer às 14:01 por sidneif

Por DIANE BERGHER*

2006AU4128_2500

“Uma menina escrevendo” (ca. 1870), de Henriette Browne (1829-1901)

Deixe-me contar a história de uma menina tímida e introvertida. Imaginar e criar sempre foram naturais em sua vida, assim como comer, beber e dormir.

A menina passava muito tempo sentada na janela do seu quarto, observando a natureza, os animais e as pessoas a passar pela rua. Criava cenários e imaginava o que aconteceria com tudo à sua volta; inventava comédias, dramas e suspenses. Tudo dentro de sua cabeça de menina, povoada por seres mágicos, princesas e príncipes, carruagens e dragões.

A menina foi para a escola. Aprendeu a ler e escrever. E nunca mais parou de colocar no papel suas histórias fabulosas. Apenas, não sentia coragem suficiente para mostrá-las para outros.

A menina cresceu e virou mulher. Foi para a Faculdade e tornou-se advogada. Casou e foi mãe. Tentou deixar de lado a menina que imaginava demais.

E foi então que adoeceu e precisou de ajuda. Procurou uma fada, chamada psicóloga e aprendeu que sonhar acordada, fantasiar mundos e transformar realidade é a vocação de sua alma.

Então, ela armou-se de coragem e escreveu; mas escreveu muito, criou personagens e cenários; imaginou sequências emocionantes. Nascia seu primeiro romance. Na sequência, o romance virou série. Armou-se de coragem e compartilhou seu livro com pessoas incríveis, que lhe deram apoio e força para que continuasse neste caminho.

Esta pessoa, queridas leitoras, sou eu! Diane Bergher, a escritora que nasceu de uma menininha perdida e amedrontada por uma imaginação excessivamente fértil; que entendeu, muitos anos depois, que a imaginação e a fantasia fazem parte de sua alma.

Perfil*Diane Bergher é o pseudônimo de uma gaúcha que escolheu Florianópolis para viver com o filho e o marido. É advogada com duas especializações na área e formação em coaching e mentoring. Uma leitora compulsiva e escritora por vocação, descobriu o gosto da leitura com o livro “Pollyana”, de Eleanor H. Porter. Quando ela chegou, sua primeira obra, foi lançada na internet. Com um texto delicado e sensível, o romance conquistou o público feminino do site em que está hospedado. 

Em 2016, estreou no universo literário com a obra “Quando ela chegou”, um romance delicado e sensível que rapidamente conquistou o público feminino e que a motivou a se aventurar no romance de época, com a obra “Um Amor para Penélope”, na qual nos apresenta a amada família Gusmão de Albuquerque e a aclamada Série Belle Époque. Inovando com uma narrativa precisa e emocionante em primeira pessoa e tendo por cenário o Rio de Janeiro da Belle Époque, “Um Amor para Penélope” caiu no gosto das leitoras, estando entre os mais lidos no Wattpad.

No ano de 2017, com o romance contemporâneo “Sempre foi Você”, Diane estreou na Amazon e, logo na primeira semana, já estava entre os 10 mais vendidos no gênero “romance”. Logo em seguida, também na Amazon lançou o grande sucesso “Um Amor para Penélope”, que encabeçou a lista de mais vendidos no gênero “romance histórico”.

Em pouco mais de um ano de sua estreia, Diane já publicou 2 livros no formato impresso (“Quando ela chegou” e “Um Amor para Penélope”) e diversos -books (“Sempre Foi Você”, “Um Amor para Penélope”, “Uma Paixão para Flora”, “Uma Aventura para Eloíse”, “Um Marido para Lenita”, “Uma Lua de Mel para Judite”, “Quando ela chegou”, “Ela é minha”, “Eu quero ela”, “Vidas Entrelaçadas”, e “Ao Sr. L., com amor”).

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: