10 de Junho de 2011

As histórias que eu ouvia

Posted in Ler faz crescer às 12:42 por sidneif

Por ISA SARAIVA FERREIRA*

Nasci em 1950.  Desde muito pequena, ouvia histórias.  Papai me fazia dormir contando as aventuras e casos que ouvia do pai dele, boiadeiro no interior de Minas Gerais, no início do século XIX.
Aos 5 anos ganhei uma enciclopédia – TRÓPICO – numa coleção de cinco grandes livros, de capa vermelha.  Passei a “ler” as gravuras.  Contava para mim mesma as histórias que imaginava.  Mas acredito que o gosto pela leitura tenha sido despertado pelas histórias que ouvia.  No rádio, era fã das Histórias do Tio Janjão (Um programa dedicado a todas as crianças do Brasil, onde Tio Janjão, bom e carinhoso, contará lindas histórias: lindas histórias do tempo em que o bichos falavam…)  Eu aguardava com ansiedade as quintas-feiras, para ouvir pela Rádio Roquete Pinto essas histórias.  Mas aos 8 anos Papai Noel, o bom e generoso velhinho, me trouxe a coleção de Monteiro Lobato!  17 livros, de capa dura e verde.  Foi uma alegria!  Podia lendo, entrar no Sítio do Pica-pau Amarelo e me identificar com Narizinho, “morena como jambo”.  Esses livros foram os primeiros lidos, e relidos, por muito tempo.  Na escola primária e pública não havia biblioteca.  Em casa, o hábito da leitura inexistia.
Foi no ginásio que, graças a livros obrigatórios,  a leitura se tornou uma das minhas mais prazerosas distrações.

* Isa Saraiva Ferreira,  ótima contadora de histórias  e  autora do livro Semeando.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: